quinta-feira, 2 de julho de 2009

Missa Completa para crianças: O profeta em sua casa

Por: Solange do Nascimento e Gisella Parreira Batista

Acolhida– ( Ilustrações dos personagens escolhidos )

Boa noite ,queridas crianças . Boa noite a todos aqui presentes Sejam todos muito bem-vindos a esta celebração .

Queridas crianças , hoje eu trouxe uns personagens aqui na missa pra ver se vocês os conhecem , se realmente eles são familiares a vocês. Vejam só que personagem é esse ?

Ah ! É o Pica Pau! E quem é ele? O que ele faz?
Quem falou deles a vocês?

E agora? Que personagem é esse ?

Muito bem! Vocês todos sabiam que era a Mônica dos quadrinhos!? Quem é ela ? O que ela faz? Vocês gostariam de ser como ela ?

E esse ai ? Quem é ele? Ah é o lobo mau! De onde vocês o conhecem de onde? Quem falou deles pra vocês? Ele é um exemplo para seguirmos?

Pois agora eu vou mostrar outro personagem: quem é esse personagem? Quem o conhece? De onde ele é? O que ele faz? Onde ele trabalha? Qual o seu trabalho?( Mostrar um desenho de alguém conhecido da cidade)

Crianças, mas essa personagem é daqui de (Formiga )e vocês não conhecem? Não sabem de quem se trata e qual o trabalho que ela faz pela comunidade?

Mas isso não está certo, vocês conheceram figuras de histórias fantasiosas e não conhecem uma boa figura formiguense?

Vocês acreditam que os conterrâneos de Jesus também não o reconheceram como grande mestre? É mesmo! Quando Ele quis pregar em sua terra, falar para o seu povo sobre a vida nova e o povo de lá duvidou dele, não quiseram ouvir o filho de Maria e do carpinteiro, por ele ser da comunidade , ser simples. Foi preciso sair da sua cidade para que eles o reconhecessem.

Aprendemos com isso, crianças, a também valorizar as pessoas que falam de Jesus pra gente, na nossa comunidade, não duvidar deles, não ousar falar mal deles, pois eles são os mensageiros de Jesus e devem ser bem acolhidos em sua terra.

Em pé, com alegria, vamos todos saudar Jesus nessa eucaristia.

Ato penitencial – O assunto agora mudou , hein crianças!? Nós iremos falar sobre pecado.

Alguém sabe me falar o que é pecado?

Será que quando falamos mal de uma pessoa, estamos pecando?

Será que quando duvidamos e fazemos pouco de alguém que fala de Jesus pra gente, não ouvindo com atenção, ou ignorando-o, também estamos fazendo errado?

Quando é que a gente sente que está fazendo algo errado?

Jesus não foi aceito pelo povo de sua própria terra, quantas vezes também não ouvimos o padre que nos fala em nome de Jesus, que nos fala para andarmos no caminho da luz, que prepara sua homilia com tanto carinho para que Deus seja louvado por todos nós e não ouvimos , nos fechamos a sua palavra ?

Pois é, crianças, erramos , pecamos quando não damos ouvidos ao que Deus nos coloca , quando nos achamos superiores as palavras Dele e nos achamos criadores de nossa própria forma de viver e sentir, esquecendo que Deus existe sobre todas as coisas .

Por isso, pelas muitas vezes em que erramos fazendo tudo isso, vamos pedir perdão cantando.

Leitura- Agora, crianças, vamos ouvir nossa leitura de hoje, por isso todos sentadinhos. Ouviremos a mais bonita das leituras , onde o amor e a caridade estarão sempre presentes em nossas vidas .

Aclamação – Hoje Jesus nos fala sobre sua comunidade que não o reconheceu e nos pede para que possamos reconhecê-lo como o filho de Deus, o Messias enviado para nos ajudar a encontrar o caminho certo até o pai. Vamos todos então, em pé, cantar saudando o senhor.

Evangelho –

PRECES DOS FIÉIS

1. Nosso tempo necessita de profetas da esperança! Para que sejamos profetas junto com toda a Igreja, nas atitudes de amor e de misericórdia para com todos, rezemos ao senhor
— Senhor, que vosso amor nos transforme!

2. REJEITAR o Cristo é rejeitar o Reino! Para que a força do evangelho seja vida em nossa vida de crianças e no testemunho da fé e do serviço aos outros, rezemos ao senhor

3. A CARIDADE é a mãe de todas as virtudes! Para que ela esteja presente em tudo o que fizermos, e assim colaboremos para que o Reino da verdade torne-se ainda mais presente, rezemos

4. SEM AMOR não há evangelização! Para que testemunhemos a verdade do amor onde estivermos, rezemos ao senhor

Ofertório – Hoje, Senhor queremos oferecer-lhe um presente novo, uma oferta grandiosa, queremos oferecer a nossa aceitação, o nosso amor, nosso carinho diante de tantos que são excluídos, rejeitados, vítimas de preconceito como Jesus o foi.

Queremos oferecer o fim de nossa exclusão, do nosso preconceito, da nossa intolerância:
Aos negros,
Aos pobres,
Aos marginalizados,
Aos deficientes físicos,
Aos incompreendidos,
Aos evangélicos,
Aos drogados
Aos velhos
A todos que de uma forma, ou outra ,como filhos do Senhor que são, não são reconhecidos.

Oferecemos essa nossa aceitação, recheado de nossa admiração, junto ao pão e ao vinho, na certeza de que estaremos renovando nosso coração abrigando nele todo seu amor de pai. Vamos todos cantar com alegria o canto do ofertório.

Comunhão Jesus nos convidou a agir com sabedoria, para que a nossa missão seja fecunda e produza frutos em nossa vida e na de nossos irmãos e irmãs. Vamos ao encontro do Senhor, cantando com alegria.

Ação de graças

Hoje eu queria encerrar nossa celebração fazendo uma comparação: olhe aqui: Vejam o que eu tenho

Ah, eu tenho um copo com água, não é mesmo? Que sabor tem a água? Não tem sabor de nada

Agora eu vou misturar nela o açúcar. Tem alguém vendo o açúcar aqui dentro? Não, não é mesmo? Mas vamos provar a água pra ver que sabor ela tem?

Ah, agora a água é doce... mudou o sabor. Deus é assim na vida da gente. É como açúcar, entra na gente, se mistura com a gente e ficamos doce, porque Deus é doce.

Então crianças, não queiram ver Deus somente descendo do céu, existem muitas pessoas doces do nosso lado que tem esse sabor porque tem Deus com eles. Experimente colocar mais dessas pessoas em sua vida, mais açúcar e sejam cada dia mais doce, mais de Deus.


O profeta não consegue profetizar em sua própria terra

Técnica: Fantoches

Personagens: Joãozinho – Glorinha – Zezinho - Nhô

Zezinho: - Ô, Joãozinho, vem cá! Tenho uma novidade pra você!

Joãozinho: - Qual que é ,veio! Qual é a novidade?

Zezinho: - É que agora, o padre me chamou pra ser missionário! Tô tão feliz! Você é o primeiro que eu vou evangelizar.

Joãozinho: - ( ri bastante )

Glorinha: - Ô Joãozinho...Qual é a piada...conta, conta!

Joãozinho: - É que o Zezinho tá falando que...Nem dô conta de repetir! É muito engraçado!

Zezinho: - Ô Joãozinho! Tô só contando que fui chamado pra ser missionário no meio das crianças...Eu queria missionar com você.

Glorinha: - Deixa de ser bobo, sô! É uma piada mesmo! Nem conta isso pros outros...Eles vão rir de você...Vê! Você não sabe nem conversar direito.

Joãozinho: - Vê se pode ! o filho da Dona Maria, lavadeira, falar de Jesus...ainda mais pra crianças!

Zezinho: - Hum...Tô magoado com vocês! Seis tá criticando deu. Deus é simples igual eu...É amor...é amizade...é partilha...

Joãozinho: - Que partilha, Glorinha...Vai ver ele nem sabe o que é isso? Palavra chique!

Glorinha: - É mesmo, Zezinho, não fala isso que você vai se danar!

Zezinho: - Nada disso! Eu aprendi tudo com o padre. Partilhar é a gente dar o pão pra quem precisa...é dar roupa pra quem não tem...Sapatinho que ficou pequeno para aqueles que não tem...Pois aprendi que partilhar é repartir com amor! É só Ter boa vontade! Viu, que legal!

Joãozinho: - Há, há! E cê acha que nós vamos ficar aqui escutando essa lorota sua? Esse Zé ninguém? Deixa disso! Vamo lá, sô, com a gente...Tamo indo ensaiar uns passos novos pro carnaval : a dança da formiguinha...vai ser um arraso no Carná!

Zezinho: - Oh...vou com vocês não...Tô muito magoado...ofendido mesmo...Mas não tem nada, não...Deus é muito maior que tudo...e eu vou lá na casa do Sô Nhô, falar de Deus pros minino dele...Eles não me escutar...Eles são gente boa...

Toc...toc...toc...

Zezinho: - Ô Sô Nhô!

Nhô: - Quê que é menino?

Zezinho: - OI, Sô Nhô, Agora eu sou missionário e vim aqui falar de Deus pros seus mininos.

Nhô: - Ró,ó,ó...

Zezinho: - Quê foi, Sô Nhô? Que o senhor tá rindo? Falei besteira? Tô borrado, com a boca suja então?

Nhô: - Que isso menino!? Você...Filho da Dona Maria, lavadeira? Falar de Deus pros meus meninos, tão chiques, tão bem educados...aqui, quem fala de Deus pros meninos é o Papa...ninguém mais...

Zezinho: - Sô Nhô, eu queria falar pra eles, é o padre que me ensinou, como criança que Deus é amor, alegria...é perdão...que Deus acolhe bem todas as crianças e quer que todo mundo tenha o coração assim com o delas...coração de criança...

Nhô: - Quê isso, menino? Não blasfema, não! Meus meninos são muito ocupados! Estão na aula de inglês, judô, karatê, francês, espanhol...vê se eles terão tempo de suas lorotas! E...pensando bem, se algum aqui ó, os meus... muito mais preparados...E...ó...tudo isso está me irritando...Se você não sair daqui logo e parar com essa lorota... vou te dar uma corrida...e é já! Vai saindo, negrinho! Xispa, xispa!

( Zezinho saí correndo, assustado )

Zezinho: - Salve-se quem puder. Acode eu...acode eu...help...socorro...Ô meu Jesus...como é difícil falar das coisas de Deus para aqueles que moram perto de nós...Eles tá querendo até me matar.

Sapo: - Oi, Zezinho...que tristeza é essa...eu fiquei sabendo que você estava tão feliz com a missão que o padre lhe havia confiado: a de falar de Deus pros seus amiguinhos...por que essa tristeza agora?

Zezinho: - Oi, seu sábio Sapão...o senhor num vai rir na minha cara não, vai? É que eu não consegui que ninguém me ouvisse...todo mundo fica lembrando só que eu sou filho da lavadeira, Dona Maria...e eu sou mesmo, com muito orgulho! Minha mãe é muito linda! Mas isso não me impede de ter Deus bem forte no coração, não é? Ele tá aqui dentro ó, olha aqui olha!

Sapo: - É claro, Zezinho! Mas seguir os passos de Jesus e anunciar o amor de Deus, não é fácil...Até Jesus não foi ouvido na sua cidade: lá eles só lembravam que Ele era o filho do carpinteiro José e de Maria...

Zezinho: - É mesmo! Esse é o evangelho que eu escutei agora mesmo sábio sapão! Isso aconteceu de verdade com Jesus, agora tô me lembrando.

Sapo: - É! Mas Ele não desanimou e foi adiante com o anúncio do reino de Deus...

Zezinho: - Ah...Mas pra quem é que eu vou falar...Nenhum dos meus amiguinhos “quis ouvi eu” quem vai ouvir que Deus é amor...que é partilha...que ama muito a todos nós...e quer tanto que a gente aumente a nossa fé...

Sapo: - Mas espere aí, Zezinho! Aí é que está! Olhe à sua volta. Veja quantas pessoas...quantas crianças estão te ouvindo...você tá vendo? Pois hoje, com tudo isso que você falou você tocou o coração de todos e mostrou que cada um deles precisa também a anunciar com força e amor a mensagem de Jesus!

Zezinho: - Então, sábio Sapão, quer dizer que eu evangelizei? Quer dizer que eu acabei sendo missionário? E mesmo que não tenha sido pros meus amiguinhos, outros tantos me ouviram?...Que bacaninha! Então, gente...É isso mesmo, criançada...Deus é um só...Vamos sair hoje espalhando esse amor pra todo mundo! Vamos comigo, Sábio Sapão, continuar o caminho? Tchau, gente.

Um comentário:

Marcia disse...

Solange suas missas estão me ajudando bastante em minha cidade, faço parte da pastoral catequética e pastoral liturgica das missas com criançaas vc é um anjo que caiu do céu para nos ajudar a decorar nossas missas. Deus te abençoe sempreum abraço carinhoso Ah as crianças estão amando...